quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Cicloturismo - Balneário Cassino à Barra do Chui - Planejamento (Parte II)


Olá visitantes, bem vindos;

Como consta no post "... Roteiro (Parte I)":
Vou contar-lhes sobre minha viagem feita a bordo de bicicletas durante o Carnaval de 2013, iniciando o percurso na estátua de Iemanja, na Praia do Cassino, até os molhes da Barra do Chui, exclusivamente pela praia, acompanhado de minha namorada (Keith) e amigos - todos de bike!

As postagens ficaram dividas em 3 partes; Roteiro, Planejamento e Viagem. Para que, assim, cada parte não seja longa de mais para ser lida e, possa ser mais específica do que um grande texto, falando de tudo.
(clique aqui para ir a "Viagem" - parte 3)


"Planejamento" - parte II:


Uma bicicleta andando na praia não é muito rápida, fato.. fizemos um teste a 10km/h em uma brisa contra, e era tão devagar que era difícil ficar de pé.. essa seria nossa velocidade de planejamento já que qualquer ganho além disso seria uma vantagem. Sobre nosso estado físico.. bem, não somos atletas profissionais nem "assistidores" de tv.. Ela é vegetariana, eu não. E costumamos correr algumas vezes por semana..

Assim, para este passeio cicloturístico, levantamos a seguinte meta:
  • 2 horas pedalando (entre 7 e 9hrs), parando 30 minutos para descansar; 
  • Seguido de 2 horas pedalando (entre 9:30 e 11:30), parando para descansar, almoçar e se proteger do sol até as 14hrs; 
  • Pedalando mais 2 horas (entre 14 e 16), descansando 30 minutos; 
  • (E, por fim) Pedalando mais 2 horas (entre 16:30 e 18:30) para terminar o dia, montando acampamento. 
Logo, seguindo esta meta, em 2 noites estaremos chegando à Barra do Chui.

Voltando para o planejamento; como montar a "parafernalha" numa bike simples, em uma viagem de cicloturísmo pela praia?
Barraca, sleeping, comida e roupas.. vão onde? As lojas virtuais de bicicletas dispõe de muitos bagageiros e alforges.. mas comprar pelo conjunto completo, de bagageiros dianteiro e traseiro, além dos alforges dianteiro e 2 traseiros, o "somante financeiro" é tão alto quanto comprar um bicicleta nova... fora o frete!
Daí não né? Fui buscar idéias em fóruns e encontrei algumas imagens interessantes para fazer o "Ctrl+c", vejam:
Caixote plástico sobre alforge baratinho e paralamas
Baú (Gow G33) de moto, paralamas e garrafinhas do garfo!
Malas de lona como alforges traseiros laterais
Porta Calhas como Porta Barracas (show!)
Que tal um reboque? :D

Ok, com estas imagens e algumas outras, projetei nossas bikes (minha e Keith)..
Vamos utilizar 2 bagageiros galvanizados, desses pretos e finos (os de alumínio são caros e quebram). Sobre os bagageiros colocamos 2 caixotes plásticos, um grande (recolhido da praia!) e um pequeno. Sobre o caixote pequeno vamos colocar as portas-canaletas, como porta-barraca. Colocamos também 2 porta garrafinhas (caramanholas) em cada uma das bikes.. pensamos em colocar no garfo dianteiro mas, ainda é uma dúvida. Cada bike ainda conta com um porta treco no quadro, para pequenas coisinhas.. Uma pochete que tenho serviu direitinho como alforge de guidão.. colocamos uma buzinha trim-trim na bici da Keith e uma plin-plin na minha.. coloquei paralamas na minha bici também e mandei o meu paralamas que tinha para a Keith..
No fim, montamos isto aqui:

Bici da Keith, com caixote e o porta-barracas
Minha bicicleta, com para-lamas e caixote

Com as bicicletas montadas, me voltei para mais planejamento:
O que comer e levar nestes dias? E não digo apenas comida e roupa.. digo quais alimentos, quais medicamentos, quais ferramentas, quais roupas, quais etc.. e não quero levar muita coisa, devido ao peso, nem pouca coisa, devido a contra-tempos.. então, após leituras, concluí que seria mais fácil separar tudo em 4 "frentes":

  • Cicloturismo "quarto" > roupas, toalhas, sleeping, barraca, lonas, etc
  • Cicloturismo "cozinha" > alimentos, panelas, talheres, pratos, utensílios, etc
  • Cicloturismo "banheiro" > higiene pessoal, remédios, pomadas, etc
  • Cicloturismo "oficina" > ferramentas, material reserva, etc

Por segurança, vamos considerar comida para mais uma noite (total de 3) e, como o Farol do Albardão é uma base habitada da Marinha, bem no meio do caminho, vamos levar água para dois dias e abastecer alí o que estiver faltando (ou seja, cerca de 4L/p.p. em 2 caramanholas e 1 garrafa pet). Para amenizar o peso, não vamos levar fogareiro nem nada parecido, afinal, é pouco tempo viajando e um churrasco vai estar sendo preparado em nossa chegada (segredo). Então, tudo que levarmos para comer será tipo abrir e comer e, para isto, fizemos a seguinte lista:

Cicloturismo "cozinha":
Nozes, castanhas, amendoim, granola, aveia, melzinho, barra de cereal, biscoito doce, biscoito salgado, maça, mexerica, uva passa, banana passa, damasco, cenoura, goiabada, salame, queijo curado, sardinha em lata, bolo, pão(feitos no dia de sair), sal e açúcar. Para completa a cozinha, vamos levar ainda as pastilhas de cloro, filtro de papel, isqueiro, uma leiteira, uma caneca alumínio, faca serrada, garfos, pratos plásticos e lona.

Em Cicloturismo "quarto" temos: Barraca, sleeping (de casal), chinelo, toalha esportiva, tênis, meia, cueca, sunga, bermuda, moleton, relógio, camiseta, capa de chuva, quebra vento, colete de sinalização, óculos escuros, boné, gorro e máquina de fotos.

Em Cicloturismo "banho" temos: Dipirona, protetor solar, Bepantol, Antiséptico, Gazes, sabonete, shampoo, escova dentes, escova cabelos, pinça, bandaid, papel higiênico, gelol, "washinass" *, repelente, protetor solar, cortador de unha, desodorante.

Em Cicloturismo "oficina" temos: chave de boca 10 a 15, chave L de 4,5 e 6mm, chave fenda e philips, canivete suiço, tesoura, arame, cabo, alicate corte, alicate boca, fita isolante, fica crepe, remendo de pneu e cola, lixa fina, vela, luva pigmentada e apito..

É bastante coisa né? Também acho.. parece que vou para a Lua ou algum lugar tão ermo quanto isso.. me lembra a cena de filme em que a mãe enrola espuma envolta do filho, para ele ir brincar, rs.

Não coloquei quantidade pois acho mais interessante você leitor saber o que levar e escolher o quanto quer levar... Entretanto, encontrei um post tão completo quanto qualquer outro, com coisas de bagagem, que vai deixar essa lista aqui (muito) pequena. Vale apenas acessar e ler (inclusive comentários) deste link: Bagagem do Cicloterras

E achei outras coisas, que considerei ótimas, como sugestões de arrumação:

Abaixo seguem mais dois blog sobre bicicletas, cicloturísmo e dicas:
livrevoosolitario.wordpress.com/
igorvargas.blogspot.com.br/

Com isso concluo a parte de planejamento;
Percebo, pela foto de minha bicicleta (preta), que o caixote está torcido.. certamente isso fará com que o caixote não aguente muito peso e/ou trepidação.. tenho que tomar cuidado. A minha bike vai ficar encarregada da "cozinha", "oficina" e parte do "quarto".
A bicicleta da Keith está bem, e nela vamos colocar a barraca e o sleeping, que ocupam muito volume mas são leves e colocar o que restar do "quarto" (na verdade, o que restar do "quarto" vai parar a bici preta).

Se houver atualizações até nossa saída eu posto aqui e, depois que voltarmos da viagem, continuo com a Parte III!
Asta!


* "Washinass" é algo oque aprendi a usar quando era escoteiro. É uma daquelas bisnagas de ketchup/mostarda que haviam nos restaurantes e bares. Uma garrafinha de água com bico tbm serve. Completando o washinass com água e, com seu bico, é possível transforma-la em uma ducha higiênica, sem a necessidade de maiores explicações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

É bom podermos nos entender :D